Conheça a história da foto mais famosa do ídolo da Fórmula 1 mundial: A Piscada de Ayrton Senna | Marcus Vinicius Pavan | Fotografia

Conheça a história da foto mais famosa do ídolo da Fórmula 1 mundial: A Piscada de Ayrton Senna

categorias: imagens
tags: , , , ,
publicado: 01/05/2015

Piscada Ayrton Senna - Evandro Teixeira

Hoje, 1° de Maio de 2015, faz 21 anos que um dos maiores, se não o maior esportista brasileiro nos deixou: Ayrton Senna. Se tem uma foto, como fotógrafo de automobilismo, que eu gostaria de ter feito era dele (como essa fantástica piscada). Infelizmente, não tive oportunidade de registrar uma imagem de Senna e não o vi correr (a primeira vez que vi a F1 foi em 1995).
 

Conheça agora a história da foto mais famosa do ídolo da Fórmula 1 mundial: “A piscada de Senna”:
 

O fotógrafo Evandro Teixeira registrou algumas das passagens mais importantes da história política latino-americana do século XX. Na chegada do General Castello Branco ao Forte de Copacabana (1964), na Passeata dos Cem Mil, no Rio de Janeiro (1968) e na queda do regime de Salvador Allende, no Chile (1973), lá estava ele, empunhando sua máquina fotográfica. Na área esportiva, cobriu Olimpíadas e Copas do Mundo e eternizou momentos clássicos, como o encontro do Rei do Futebol, Pelé, com a Rainha da Inglaterra, Elizabeth II, em 1968.
 

No dia 26 de março de 1989, data em que foi destacado para a cobertura do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1, no entanto, perseguia uma imagem que faltava em seu portfólio. Intrigava Teixeira as piscadas que Ayrton Senna dava ao chefe da McLaren Ron Dennis antes das corridas. Motivava-o captar o instante em que o brasileiro afirmava, com os olhos, que estava pronto para correr – e vencer as corridas de Fórmula 1.
 

“A maneira com que ele piscava para o Ron Dennis antes das corridas, que significava ‘estou pronto para largar’, me intrigava”, afirma Teixeira, em entrevista ao Brasil Post. “Ficava pensando: ‘por que ele pisca assim?’”.
 

Registrar tal imagem não era fácil. Nos idos dos anos 80, a tecnologia das máquinas fotográficas era muito aquém ao da era digital, onde uma sequência de fotos pode, facilmente, captar uma piscada de olhos. Em 1989, registrar a piscada de Senna a Ron Dennis, à distância, era uma tarefa complicada, mesmo para um profissional do quilate de Teixeira.
 

Eu amava o Senna e queria, de qualquer maneira registrar aquilo. Pensava: ‘tenho que pegar este momento’. Naquele dia, eu consegui”, celebra. “Quando eu fiz a foto, senti que tinha conseguido, mas pensei: ‘vamos esperar a revelação para ter certeza que deu certo’”, completa o fotógrafo, que trabalhava no Jornal do Brasil, publicação onde ingressou em 1963 e permaneceu por toda a carreira.
 

A certeza do triunfo se deu quando viu a foto revelada. “Na redação do Jornal do Brasil, quando a foto foi revelada, quase morri de alegria, foi uma felicidade tremenda”, lembra o fotógrafo. Mesmo com um portfólio tão relevante, o autor do clique mais famoso de Senna, enche a boca para exaltar a foto: “Fazer aquela foto, foi algo maravilhoso, histórico, para mim”.
 

Para Teixeira, o que faz da foto especial, além do fato de ela ter rodado o mundo, ligando, para sempre, o nome do piloto ao do fotógrafo, foi o pioneirismo do registro. “Aquela tomada foi uma das primeiras, senão a primeira, a mostrar um piloto de Fórmula 1 em close, no cockpit, nos boxes, e não na pista”.
 

Piscada Ayrton Senna - Evandro Teixeira

Na data em que se completou 20 anos da morte do eterno ídolo do esporte brasileiro, o fotógrafo celebrou o nome do piloto. “Senna foi e é um ícone no Brasil e no mundo. Ele era o número um. Ter meu nome ligado ao seu é uma glória para mim“.
 

Fonte: Brasil Post

Gostou do Post?
Dê um CURTIR, COMPARTILHE e faça um COMENTÁRIO:


Copyright © 2016 · All Rights Reserved · Pavan Fotografia
Telefone: (11) 98089.2738 | email: falecom @ mvpavan.com.br
Layout Marcus Vinicius Pavan | Finalização Lucas Aguilera | Programação Rodrigo Caetano